Georges Vacher de Lapouge

Georges Vacher de Lapouge
Nascimento 12 de dezembro de 1854
Neuville-de-Poitou
Morte 20 de fevereiro de 1936 (81 anos)
Poitiers
Cidadania França
Alma mater
Ocupação antropólogo, bibliotecário, filósofo, entomologista, sociólogo(a), eugenista
Religião ateísmo
[edite no Wikidata]

Georges Vacher de Lapouge, (1854—1936), foi um antropólogo francês, teórico da eugenia e do racialismo. Ele é conhecido como fundador da antroposociologia, o estudo antropológico e sociológico da raça como meio de estabelecer a superioridade de certos povos.

Ateu, anticlerical e militante socialista, foi um dos fundadores do Partido Operário Francês de Jules Guesde, posteriormente fundido à SFIO em 1902.

Obras

  • L'Aryen Son rôle social , 1899. 570 páginas.

Referências gerais

  • TAGUIEFF, Pierre-André. La couleur et le sang. Paris: Mille et une nuits, 2002.

Ver também

Ligações externas

  • «L'Anthropologie de Georges Vacher de Lapouge: Race, classe et eugénisme» (em francês) 
  • «Position géographique, race et puissance maritime chez Gobineau et Vacher de Lapouge» (em francês) 
  • «Les débuts du racisme pseudo-scientifique» (em francês) 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  • v
  • d
  • e